terça-feira, 24 de julho de 2007

Meu Modesto Trabalho Sobre a Enchente de 1969



Galera como prometi, aí está, boa parte do que vocês podem saber sobre a enchente de 1969 em nossa amada São José da Laje e suas repercussões para a atualidade!

Ser Professor de História é uma tarefa gostosa, então provem deste manjar produzido com carinho...

Cliquem no link: SÃO JOSÉ DA LAJE: REVIVENDO MEMÓRIAS DA ENCHENTE DE MARÇO DE 1969


Só um lembrete: O site onde o arquivo está hospedado está em inglês, então na página que se abrirá procurem onde está escrito "don't like waiting", em menos de 30 segundo aparecerá neste local todas as informações sobre o arquivo, e a inscrição "downloand file" bom aí vocês devem clicar, na próxima janela que se abrirá escolham "dowloand" e salvem na janela que se abrirá em seu navegador! Pronto assim que terminar pode ler. É grátis.


Caso não consigam baixar podem procurar na Biblioteca Municipal Fernando Galvão de Pontes, que fica na Av. da Saudade, SN, em São José da Laje, pois a a partir do dia 20 de agosto já estará lá a versão impressa, aos cuidados do nosso amigo Maspuller (Márcio).

domingo, 22 de julho de 2007

Finalmente a colação de grau!



Agora faço parte dos 9% de brasileiros com instrução de 3º grau (nível superior), felizmente escolhi a carreira que me ajudará a elevar este número entre jovens de 15 a 24 anos, no Brasil, imagine que na Argentina "los hermanos", nossos fregueses no futebol, esta percentagem chega a mais de 30%.
Somos um povo habitante num país de muita riqueza mas somos pobres e o Estado não possui instrumentos eficazes para melhorar esta situação. Mas tudo começa a partir de nossas ações cotidianas. O parlamento federal é um espelho dessa sociedade hipócrita e sem opinião independente, onde um pobre que rouba uma galinha é preso, pisoteado, condenado e cumpre a pena mas o bandido que tira a comida e a esperança de dias melhores das mãos de milhares de pessoas, inclusive do ladrão de galinha, é um doutor, no mínimo "corrupto", e isso neste país não é encarado como ROUBO!
É um absurdo que sejamos cúmplices desses ladrões, chamando-os de salvadores da pátria, dando-lhe milhões de votos e todo o poder para acabarem com nossas vidas em nome de seus próprios interesses!
Ladrões, ladrões, ladrões, eu estou na contramão de seus planos! E vou ajudar, conforme juramento que fiz quando recebi meu diploma que "serei ético" como profissional atuante, como um verdadeiro Professor de História!
E ser ético vai além comparecer às aulas, passa por mediar o aluno na busca pelo conhecimento histórico como princípio para se entender as questões sociais e econômicas do mundo onde vivemos, ainda produzir conhecimento. Passar 4 anos num curso e não produzir nada além do TCC, é fogo!
O TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) deveria ser o primeiro trabalho produzido pelo futuro Professor de História. O campo para o ensino, a pesquisa e a busca pelo conhecimento está aberto, vamos em busca!
E vai aí a prova disso tudo!

sexta-feira, 13 de julho de 2007

Cabaré Municipal

Navegando pela Net, mais preciamente na comunidade "Colônia de Leopoldina", no Orkut, encontrei este brilhante poema matuto (cordel) onde o autor fala do rumo que algumas cidades distantes, excetuando-se aí toda e qualquer semelhança com São José da Laje e Colônia, pq nestas cidades nós todos somos detentores de um parlamento municipal bem atuante...



LITERATURA DE CORDEL

Cabaré Municipal



Morro e não me acostumo com esse grave defeito

Que é muito vereador sem um pingo de respeito

Fazer da alma bagulho e vendê-la pra o prefeito


Vereadores refulengos cheio de nove hora

Arrotando pabulagem se fazendo de caipora

Mas que não valem a titica que a galinha bota fora


Tem até vereador com cara de bicho bruto

Que se finge de honesto mas no fundo é só produto

Só falta rodar bolsinha pra virar um prostituto


Outros são tão covardes que não entram numa briga

Só vivem parasitando feito verme de lombriga

Até parecendo que é do prefeito rapariga


Alguns são cachorrinhos daqueles que a gente vê

Cumprindo bem direitinho o que o dono manda fazer

Ganhando somente em troca um osso duro pra roer


Sem falar naqueles outros que não valem um vintém

Que só sabem cumprir ordem dizendo sempre "amém"

Não tendo sequer moral pra falar mal de ninguém


Vereador tem que lutar pela defesa de seu povo

E não ser puxa-saco xeleléu ou baba-ovo

Nem ser mole feito bosta de qualquer patinho novo


É por gente dessa laia que se vende por dinheiro

Que tem município por aí de políticos maloqueiro

Que a Câmara do local mais parece um puteiro


Autor: ROBERTO OMENA



Certamente este brilhante autor merece um prêmio por sua obra de cordel.

Essa língua mágica que o Nordeste usa em poesia para se expressar...

Mas acho que é pura ficção por que a imensa maioria dos parlamentos municipais brasileiros não se comportam assim. Vivem cheios de vereadores "atuantes", com projetos de lei cada vez mais lembrados pelo povo (vc lembra de qual vereador foi aquele projeto polêmico que melhorou a vida da sua cidade?).

Ora o Roberto Omena merece um prêmio de melhor poema de cordel e ficção da década. Numca ninguém expressou tão bem a atuação parlamentar dos vereadores de países distantes como a Bélgica ou a Holanda. Nossa se tívessemos vereadores assim nas nossas cidades... Onde iríamos parar ainda bem que não há nem sombra de gente assim em São José da Laje ou Colônia de Leopoldina, é tudo invenção!


Observação: Qualquer semelhança com a realidade é pura ficção!

Fonte: Comunidade Debate Político Leopoldinense.





terça-feira, 3 de julho de 2007

Sexo a Europa

Loucura, zuando no "You Tube" encontrei uma propaganda interessante sobre o cinema "romântico" europeu. Reproduzo aqui citação colhida no site da BBC Brasil: "(...)Entitulado "Film Lovers Will Love This!" ("Amantes de Filmes Vão Adorar Isto!", em tradução livre) ele mostra homens e mulheres fazendo sexo de formas diferentes e em lugares diferentes.

Partidários dizem que comemoram o cinema europeu, mas outros consideraram-no "pornográfico".

O parlamentar europeu conservador pela Grã-Bretanha, Chris Heaton-Harris, disse que a Comissão Européia (órgão executivo da União Européia) está desperdiçando o dinheiro dos contribuintes.

"Eles têm um problema de imagem, mas eu acho que juntar rapidamente 44 segundos de pornografia leve na internet não é um jeito brilhante de resolver isso", afirmou (...)"

Ah, o filme não poderia faltar aqui não é? Então assiste aí...

">

domingo, 1 de julho de 2007

Quem sou eu?


Realmente um cara esforçado e sonhador, dono do mundo, pois é, o mundo é uma realização dos vários sonhadores, com a permissão do sonhador maior, Deus o criador, é claro.
Sou funcionário público desde 1999, tive uma melhora na carreira pública em 2005, quando fui convocado para tomar posse num cargo (polícia civil da Paraíba) e num emprego público (empresa estatal), tendo optado pela estatal, pelo simples motivo de ter ficado em casa.
Ingressei em 2001 no curso de Licenciatura em História da Universidade Federal de Alagoas, depois em 2005 no curso de Licenciatura em Química da UFRN (a distância) e em 2006 no curso de Bacharelado em Administração de Empresas, também na UFAL.
Já fui vendedor ambulante, Agente Comunitário de Sáude do PSF (de 1999 até 2005).
Considero-me uma pessoa resolvida na vida.

Finalmente terminei o curso...



Galera, finalmente terminei o curso de Licenciatura em História, pra mim e talvez pra muita gente este curso foi uma surpresa. Aprendi muito sobre o porque das coisas, os tais porquês que toda criança de 4 anos ama. Fiz o meu Trabalho de Conclusão de Curso, o TCC ou como outros preferem a Monografia mês passado. Falei sobre a Enchente de 1969 em São José da Laje (depois posto o link pra baixar). A foto da capa é esta igreja inclusa nesta postagem, foi construída em 1810. Mas antes de colocar aqui o link para "São José da Laje: Revivendo Memórias da Enchente de Março de 1969", vcs podem conferir um pouca sobre o que fala minha monografia clicando aqui. e lendo uma matéria no site da Revista Caminhos da Terra. Mas a grande foto com a galera da turma não poderia faltar não é?
. E a grande foto com a galera da turma não poderia faltar não é?