sábado, 3 de novembro de 2007

A Verdadeira Briga Pelo Poder Lajense!


Eleições 2008 agitam cenário político lajense...

Ainda faltam 11 meses para as eleições municipais e São José da Laje vive em polvorosa os rumores que saem dos bastidores da política lajense, vereadores compram-se e vendem-se na situação ou na oposição, é a dinâmica da políticagem. Partidos apostam em cidadãos das mais variadas parcelas da sociedade, sem importância alguma os seus atos e fatos, (é uma redenção), o que importa apenas é que eles sejam elegíveis, (todo cidadão, geralmente é) mas aqui o termo "elegível" quer dizer mesmo - que possam realmente vencer nas eleições vindouras...
Cada dia que passa tenho mais certeza que a sociedade lajense tem que se organizar e atuar no campo social através de ongs, porque os nossos partidos locais têm seguido a risca a idéias - e não as ideologias - dos seus diretórios nacionais.
Tem gente se aliando com tudo quanto é gente pra governar os mais de R$ 16 milhões da receita orçamentária lajense - e o povo acreditando que é tudo pelo social. Não importa neste momento a índole de ninguém, o que importa é se eles dão voto ou não. Todo homem e toda mulher na Laje (e por todo o país) tem um único valor: votos!
Já existe gente de cara amarrada e gananciosa dando uma de ovelhinha desgarrada e sorridente. Esta semana um desses malucos passou pela rua tão interessado em dar tchau e sorrisos que pôs em risco a segurança dos pedestres - Vamos prestar atenção!
Os "militantes" dos partidos que neste momento fazem oposição (sim agora a Laje tem oposição!) ao prefeito distribuem um adesivo com as inscrições "Tem Que Ser Bom", pela cidade. O que será que quer dizer isso? É uma afirmação de que pra vencer o atual prefeito "tem que ser bom" de urna ou uma provocação dizendo que pra vencê-los o prefeito é que "tem que ser bom"?
Sinto muito, mas se esse pessoal todo usasse todo esse marketing pra divulgar boas idéias e praticando-as mudasse a realidade dos lajenses, desse mais oportunidades aos jovens e ao velhos mais prazer de viver, ah seríamos realmente "A Princesa das Fronteiras", no entanto... Sabemos o que temos!
Mas eu sei o que os move: Uma receita de mais de R$ 16 milhões.

Nenhum comentário: