segunda-feira, 28 de julho de 2008

A Traição do Democratas em São José da Laje

Roberto Flávio, o Pinto, ex-candidato a vereador pelo partido Democratas de São José da Laje, após ler a postagem "Festa Pelo Poder Lajense," de 07/07/2008 enviou-me sua versão dos fatos, a saber, do Tapetão que foi vítima, arquitetado pelo diretório municipal do Democratas de São José da Laje.

E para que não seja injusto nosso espaço na web, achei por bem atender o pedido do amigo Roberto Flávio (Pinto) e publicar numa postagem, seu desabafo a respeito do acontecido com sua candidatura a vereador, a qual lhe foi tragada na escuridão da política lajense, aceitando sua única condição: "(...) de forma geral e apenas em sua íntegra".
Então o que se lerá adiante é a versão do Roberto Flávio, e os nomes citados estão em e-mail enviado por ele a mim, do qual possuo cópia arquivada em meio eletrônico, em nada tendo responsabilidade nosso blog.

"Neto.
Ao tomar conhecimento através de seu Blog, que diga-se de passagem uma fonte de informações aos que procuram notícias da Laje, tenho a informar ao autor, sobre a materia do Tapetão politico, aA real versão apresentada pela vitima.
No dia da Convenção do Partido DEMOCRATA (30/06/2008), o Sr. Roberto Flávio de Andrade Silva , foi aprovado na convenção do partido com o numero 25.888, na sexta feira (04/07/2008)o seu primo Luciano Jorge de Andrade, o convidou a ir a sua propriedade. Ao chegar na residência do primo ouviu a seguinte proposta do mesmo "que teria que dizer, que havia multado a Usina Serra Grande quando Exercia o Cargo de Secretário Municipal de Meio Ambiente a mando do Prefeito Paulo Roberto Pereira de Araújo, pois isto definiria sua campanha", Pinto de imediato respondeu ao primo que isto era mentira e que não ia compactuar com esta mentira, pois mentira tem pernas curtas e que multou a Usina Serra Grande, porque a mesma cometeu um crime ambiental, dito isto o Pinto perguntou ao primo quem foi o autor da solicitação mentirosa, quando o seu primo respondeu que foi o candidato a Prefeito PEDRO MATIA, passasram-se as horas e o Pinto certo que era candidato continuou sua campanha, no SABADO 05/07/2008 (ultimo prazo para registro de candidatura) às 9:00 horas da manhã Pinto recebeu um telefonema do Presidente da comissão Municipal do Partido Democrata o Sr. CARLOS HENRIQUE DE AZEVEDO VALENÇA (vugo Henrique Valença), para participar de uma reunião na residência do Sr. Paulo Martins, ao chegar no local Pinto disse que era uma traição e uma covardia o que estavam fazendo com ele e que eles estavam vendendo a pessoa que estava com o grupo a mais de dois anos, quando ouviu o seguinte comentário do Sr. PAULO MARTINS "O ROBERTO ESTA CERTO", feito este desabafo o Coronel Nerecinou Sarmento dirigiu-se ao Pinto para explicar e disse que PINTO, era pessoa do Grupo e que seria DELEGADO do partido nas eleições e que também ajudaria na organização da campanha "pensem se PINTO estava proibido pela USINA, como o grupo justificaria a USINA a presença de pinto como organizador da campanha", pois para o PINTO, tudo isto não passa de uma grande mentira que tentaram impor a ele, como ele era candidato sem apoiar nenhum dos CANDIDATOS a Prefeito é notório que eles não queriam pinto do lado porque o mesmo não tinha obrigação de pedir votos para o PEDRO MATIAS.
Pois era o ÚNICO CANDIDATO A VEREADOR SEM CANDIDATO A PREFEITO E SEM PROTEGER NENHUM DOS ATUAIS EDIS do LEGISLATIVO MUNICIPAL, que teem tanta responsabilidade pelos desmandos do atual prefeito quanto o próprio.
Frase de PINTO: "Eles querem o Poder pelo Poder e Não o PODER PARA PODER".
autorizo a públicação de forma geral e apenas em sua integra. "



Postado por Roberto Flávio de Andrade Silva no blog Antonio Neto - Século XXI em 28 de Julho de 2008 09:08



Nenhum comentário: