domingo, 10 de agosto de 2008

Daslan Melo Lima, Cidadão Pernambucano de Timbaúba


Poeta lajense recebe honraria no próximo dia 29 de agosto, às 19 horas, na Câmara Municipal de Vereadores de Timbaúba.

Daslan Melo Lima da Silva saiu de São José da Laje em janeiro de 1965, aos 17 anos de idade, e foi morar no Recife, cidade para onde seus pais migraram. Oriundo de família humilde, Daslan nasceu na Rua Floriano Peixoto, a conhecida Rua do Pontilhão, e viveu a infância nas Ruas Prefeito Antônio Ferreira, do Rosário e Passagem de Maceió. Filho do sapateiro Odilon Gomes da Silva e de Ana Melo Lima, o poeta lajense tem orgulho de suas raízes. Seu avô materno chamava-se Gustavo Souza Melo, conhecido como Sr.Xéu da Passagem de Maceió. Sua avó paterna chamava-se Secundina Maria da Conceição, a Dona Secunda Parteira.

Daslan Melo Lima é funcionário aposentado do BNB - Banco do Nordeste do Brasil, Advogado, formado em Ciências Juridicas e Sociais pela Universidade Católica de Pernambuco, escritor, poeta e colunista sócio-cultural do jornal Correio da Mata Norte.

Daslan mora em Timbaúba, distante 96 km do Recife, desde 1985. Em contato conosco, ele disse o seguinte:
“Sou grato a DEUS por todos os encontros e desencontros da minha caminhada. Pouco fiz para merecer o título de Cidadão Timbaubense, apenas, nunca perdi de vista o menino alagoano sonhador de São José da Laje que sempre fui, comprometido com os valores culturais da nossa região. Dedico meu título de Cidadão Timbaubense aos meus antepassados; aos meus conterrâneos, especialmente aos contemporâneos; aos meus familiares; aos que sonham com um mundo melhor e às pedras do Rio Canhoto, berço da minha poesia.”

3 comentários:

antognniony@niony.com disse...

DASLAN MELO LIMA referência as artes, cultura e beleza; tem um grande orgulho em saber que conheço esta ilustre figura que de tanto talendo e bondade não coube apenas em um estado e uma cidade, dividu-se sem perder origens e sem reprimir novos horizontes dando assim a todos os povos a qual faz e fez parte a atenção merecida, seja em uma poesia ou em uma simples e importante inspiração. Em rezumo, tenho orgulho de ser amigo dessa grande pessoa!

July Campos disse...

Lindo o que DASLAN falou. Uma pessoa que honra toda uma geração lajense

ARTECULTURA disse...

DASLAN um homem que não perdeu e jamais perderá sua essência. Sem deixar para trás suas raízes,leva consigo o menino lajense que jamais cresceu, pois nem mesmo os desencantos tiraram a ternura,carisma, simplicidade e amor que o tornaram esse homem cheio de encantos. (Darlene Gomes)