segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Cai a Segunda Passarela do Tijuca

A passarela de ferro, que liga o bairro do Tijuca à rua Francisco Barbosa Sobrinho (antiga da Aurora), tombou hoje de encontro a margem esquerda do rio Canhoto, na nossa Laje. A mais de uma semana a prefeitura havia interditado a passarela mas a população não respeitava os obstáculos e na hora da queda três pessoas ficaram levemente feridas, uma destas ainda quebrou uma perna.
A primeira passarela do Tijuca foi construída na primeira administração de Luiz Daniel, era de chapas de concreto montado sobre pilastres de pedra e foi inaugurada com grande pompa, contou presença do atual senador Renan Calheiros e demais políticos daquela época. Foi uma festa.
Em 2000 as enchentes de agosto cobriram-na e derrubaram-na, somente sendo reconstruída no primeiro governo do atual prefeito Paulo Roberto (Neno).
Mas de lá já se passaram quase 8 anos e sem a manutenção devida a estrutura de ferro montado sobre os pilastres de pedra e cimento deixou de vez de servir de ligação entre a cidade e o bairro de Tijuca.
Por toda a estrutura da passarela já se via a olho nú os efeitos da falta de manutenção. Buracos nas chapas de aço e a ferrugem corroendo suas bases.
A duas ou três semanas a prefeitura lacrou o local mas os moradores que iam e vinham passavam por cima dos obstáculos e usavam-na habitualmente como passagem.
Infelizmente quando a passarela caiu três pessoas ficaram feridas, um cidadão quebrou a perna e os outros dois tiveram ferimentos leves e foram medicados no hospital local.
Agora só nos resta saber: Quando será reconstruída a Passarela do Tijuca?
Vejam as fotos abaixo: