terça-feira, 9 de junho de 2009

Vendi minha Bros...


Não me lembro do tempo em que tinha vontade de comprar uma moto, minha paixão era uma CG Titan, imaginava até a cor, sonhava com ela, seria azul... Em maio de 2007 realizei o sonho, melhor ainda, comprei uma Honda Bros 2007, preta, linda... Hoje este sonho passou, 2 anos de muitas emoções e muito zelo depois, vendi minha "Negona".


Foram quase 24 meses, de 31/05/2007 a 09/06/2009. Nossa relação de emoção e fantasia acabou hoje. Vendi minha Honda Bros, minha "Negona".
Quando a gente vende um bem para comprar outro talvez não seja tão pesado apartar-se daquele, melhor ainda deve ser quando se está deixando ir embora algo que não atende nossa necessidade...
Com minha Bros foi diferente, eu gostava muito dela, eu me sentia alegre em pilotá-la pela cidade ou nas curtas viagens até Maceió pela BR 104, porém melhor ainda era viajar pelas estradas vicinais daqui. É certo que não conheci metade do que queria conhecer com minha Bros pois em 2007 quando a comprei estava aprendendo pilotar, em 2008 nas férias em Março as chuvas não me encorajavam a sair sozinho cortando lama. Minha Bros foi pouco usada! Se fosse uma pessoa talvez não se sentinsse bem de não me mostrar todo o seu potencial.
Em outubro 2008 consegui a tão sonhada CNH, foi uma luta de quase 1 ano mas finalmente fui aprovado no teste do DETRAN-AL. Esse período de outubro de 2008 a maio de 2009 foi o que mais curti com a "Negona", fomos a Maceió umas 6 vezes, a penúltima enfrentei a chuva pela BR 104.
Um menino que aos 15 anos com seu próprio trabalho comprou uma Monark Barra Circular 2005 sonhava com uma Titan, mas aos 26 anos comprou uma BROS 2007, dá pra entender o que é isso?
Minha Monark eu paguei em 4 x R$ 70,00 ao Tércio em sua loja. Mas a Bros custou bem mais que isso, e apesar dos juros baixos ofertados pelo melhor banco do país, isto é, o Banco do Brasil, a necessidade de mais segurança e comodidade afastou-me de minha moto .
Casado, com 1 filho e a esposa não dava mais pra ir as festas de moto. A gota d'agua foi o casamento de um amigo no mês passado, eu e minha senhora chegamos de moto, (isso não foi nada mau) o ruim mesmo era o medo de chover...
E como não dá pra ter as duas coisas juntos... Decidi abrir mão da Negona e entregá-la a alguém que merecesse e pudesse ter mais excelentes emoções com ela.
Um amigo nosso, comprou-a para seu filho. Fiquei muito satisfeito pois ainda vou ver a Negona rodando pela cidade e pela zona rural. Será muito bem utilizada.
O Régis, amigo nosso aqui da cidade agora vai me atentar pra comprar um carro, eu sei que vai, ele já fazia isso antes imagina agora. Mas não vou ceder, isso é um plano para 2010 ou 2011.
Para agora somente a tão sonhada casa própria, outro motivo bastante forte para vender a moto, afinal temos que ter as prioridades em 1º lugar na mente.

Mas o desejo continua...

Um dia eu vou comprar um carro, mas não vai ser um sonho realizado, será um desejo de consumo alimentado por necessidades comuns aos consumidores emergentes (pra não dizer outra coisa). Nossa família vai crescer e é melhor um transporte que possa nos abrigar em viagens e no dia a dia.
Minha tara de moto continua, acabei de ver as novas Honda que substituírão a CBX 250 e a Tornado XR 250, são lindas mas custam R$ 12.600,00 e R$ 14.000,00, neste caso um carro fica melhor, vamos ver o que dá...
Se não der, já sabe, no mínimo uma Bros 2009 ou quem sabe 2010 e o plano é uma 250!

Por hora, estou estudando pra uma prova de Administração e por isso vou ficar sem escrever por uns dias...